Chamado de ‘louco’ por conversar com Jesus, Politico Americano diz: “Fé não é doença mental”

455

O vice-presidente dos Estados Unidos foi alvo de deboche no talk show “The View”, apresentado pela rede de TV americana ABC.

A fé do vice-presidente dos Estados UnidosMike Pence, foi alvo de deboche no talk show “The View”, apresentado pela rede de TV americana ABC.

Na última terça-feira (13), as apresentadoras o classificaram como “doente mental” por dizer que conversa com Jesus Cristo. “Eu sou cristã, eu amo Jesus, mas ele acha que Jesus diz a ele para falar coisas”, afirmou Joy Behar. “Uma coisa é falar com Jesus. Outra coisa é quando Jesus fala com você. Isso é chamado de doença mental, se eu não estiver correta, ouvindo vozes”.

No mesmo programa, Behar ainda fez uma piada: “Minha pergunta é: ele pode falar com Maria Madalena sem sua esposa no quarto?”. Outra participante do talk show, Sunny Hostin, afirmou: “Eu sou católica, sou uma pessoa fiel, mas não sei se que quero que meu vice-presidente fale em línguas”.

Em entrevista ao jornalista político Mike Allen, do site Axios, Pence disse que não tem como rir da comparação de seu cristianismo com uma doença mental. “É errado. É um insulto não só para mim, mas para a grande maioria dos americanos que, como eu, apreciam sua fé. Meu cristianismo é a coisa mais importante na minha vida”.

“Tento começar todos os dias abrindo o Bom Livro”, Pence contou. “Minha esposa e eu tentamos fazer uma oração juntos antes de eu sair todas as manhãs. Eu posso dizer honestamente que minha fé me sustenta em tudo o que eu faço, é uma parte regular de nossas vidas. Mas não sou incomum. Penso que sou um americano muito típico, seja qual for a sua tradição de fé. As pessoas entendem isso”.

“Mas eu só acho que isso demonstra que alguns dos principais meios de comunicação estão tão fora de contato com a fé e com os valores do povo americano, que você tem uma rede importante, como a ABC, permitindo um fórum para inveterar a religião assim”, continuou Pence. “É simplesmente errado a ABC ter um programa de televisão que exprima esse tipo de intolerância religiosa”.

“Eu gostaria de ser leve sobre isso, mas eu realmente não posso. Não por minha causa, mas pelas dezenas de milhões de americanos que apreciam sua fé, não posso ficar em silêncio”,

Lembrem que o USA, assim como o Canadá , sõ deram certo, porque foram constituidos com princípios Cristãos do Protestantismo Praticante, por isso temos um pais com povo pacato, sem a cultura da corrupção , criminalidade extremamente baixa e tantos outros benefícios que o Cristianismo enraizou em nossa cultura,   caso contrario, seriamos como outros países da America Latina, ….concluiu o vice-presidente