Fim da pandemia? Vacina de Oxford contra o coronavírus poderá ficar pronta já em setembro

0
216
COMPARTILHE AGORA!!

Esta vacina vem sendo testa no Brasil e é apontada como uma das mais desenvolvidas no mundo.

A vacina contra o coronavírus que está sendo desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a Astrazeneca poderá ter seus testes em humanos concluídos já no próximo mês de setembro, foi o que informou Sarah Gilbert, cientista que está por trás da pesquisa.

Se em setembro os testes chegarem ao fim, essa vacina que é considerada o imunizante em fase mais avançada no mundo, já poderá entrar em processo de fabricação e então começar a ser distribuída.

Frase Hall, que é presidente da farmacêutica Astrazeneca no Brasil, deu uma entrevista à revista Veja e disse que a expectativa é de que a vacina chegue ao Brasil ainda este ano, porém, existem algumas estimativas apontando que isto acontecerá somente no primeiro trimestre do ano que vem.

Para os pesquisadores, esta vacina tem cerca de 80% de eficácia na prevenção da Covid-19. A equipe de Oxford conseguiu desenvolver um método para a criação do imunizante, já que o mundo enfrenta esta pandemia e existe uma emergência em um medicamento capaz de barrar a doença.

Para especialistas, ainda é cedo para falar em fim da pandemia, já que são muitas as vacinas em desenvolvimento e ainda não se sabe qual delas realmente será capaz de fazer com que o corpo humano produza os anticorpos necessários para barrar o coronavírus.

Um dos grandes problemas desta doença é que ela causa uma reação exagerada do organismo e isto prejudica o paciente, podendo inclusive levá-lo à morte. As pessoas reagem de forma diferente à Covid-19 e se isto acontecerá também com a vacina, só o tempo poderá dizer, por isso essa fase de teste é tão importante.

COMPARTILHE AGORA!!