Vacina contra o coronavírus poderá ficar disponível até dezembro, afirma infectologista

0
284
COMPARTILHE AGORA!!

Milhares de voluntários no Brasil iniciarão os testes de uma vacina produzida em parceria com empresa chinesa.

Unaí Tupinambas, infectologista e professor de medicina da UFMG, é um dos integrantes do Comitê Formado por Infectologistas que estão aconselhando a prefeitura de Belo Horizonte no combate à pandemia do novo coronavírus.

Para esse especialista, até dezembro uma vacina contra a Covid-19 poderá estar disponível. Ele lembrou que três vacinas já estão em fase final dos testes e poderão chegar ao mercado nos próximos meses.

Por fim, elas já passaram pela fase com os humanos, com poucos voluntários. E os estudos anteriores mostraram uma potência dessas vacinas em produzir anticorpos e neutralizar o vírus“, disse Unaí.

Enquanto isso, o governador de São Paulo, João Doria, informou que a vacina contra o coronavírus que foi desenvolvida pela SinoVac, uma empresa chinesa, já começa a ser testada aqui no Brasil a partir do dia 20 deste mês.

O Instituto Butantan está liderando os estudos, juntamente com o governo paulista e nesta primeira etapa serão 9 mil voluntários distribuídos em 12 centros de pesquisa, além de mais quatro estados e também no Distrito Federal.

De acordo com o governador de São Paulo, os voluntários começarão a ser recrutados a partir do início da próxima semana, sendo que nesta primeira fase serão convocados profissionais da área de saúde.

A vacina da SinoVac contra o novo coronavírus está na fase 3, que é a última dos testes em humanos, para que assim possa ser revelado qual é a eficácia da imunização. O Butantan informou que a empresa chinesa fará a transferência da tecnologia para que esta vacina possa ser produzida aqui no Brasil.

No mundo todo há dezenas de outras vacinas em estudo, sendo que algumas estão em fase avançada, outras ainda não. Enquanto nenhum medicamento é comprovadamente capaz de oferecer imunidade contra a Covid-19, as autoridades continuam pedindo a toda população que mantenha o isolamento social, saindo apenas quando se faz realmente necessário.

Se a vacina chinesa apresentar um resultado satisfatório, existe a previsão de que até o ano que vem ela comece a ser disponibilizada em larga escala, mas não há uma data definida para que a população de um modo geral possa ser vacinada.

COMPARTILHE AGORA!!