Pedreiro que pedalava 42 km por dia para estudar se forma em direito

0
118
COMPARTILHE AGORA!!

A educação é a base para uma vida de sucesso e um direito de todos nós. Ainda assim, não é fácil para todo mundo conseguir estudar. Algumas pessoas enfrentam grandes dificuldades para terem acesso à informação. Mas isso não desmotivou o senhor Joaquim Corseno, cuja história conheceremos a seguir.

Joaquim é um senhor muito simpático de 63 anos que recentemente conseguiu realizar um grande sonho: concluir o ensino superior em Direito. Mas sua jornada não foi nada simples.

Ele vive longe da faculdade de direito em que estudava, em Vitória, capital do estado do Espírito Santo, e seu meio de locomoção para a faculdade era apenas uma bicicleta. Por isso todos os dias ele pedalava 42 Km para estudar.

Essa realidade poderia tê-lo feito desistir, mas apenas o motivou a ir ainda mais longe. Seu sonho é ser Delegado, e era pensando nisso que ele enfrentava o longo caminho todos os dias.

A história de vida de Joaquim Corseno

Joaquim nasceu em Itaumirim, Minas Gerais, e mudou para o Espírito Santo no começo da vida adulta. Com mais de 20 concluiu um curso técnico em Administração.

Quando tinha pouco mais de 20 anos, fez um curso técnico em Administração e passou na Universidade Federal do estado para cursar Ciências Contábeis, porém não pôde concluir o curso porque precisava trabalhar. A necessidade o fez começar a ser ajudante de pedreiro e ele continuou nessa profissão, aperfeiçoando-se com o tempo.

Mas a vontade de estudar e ter uma formação superior nunca deixou seu Joaquim, e ele juntou dinheiro durante muitos anos para conseguir estudar. Foram ao todo R$ 55 mil para os estudos.

Em uma participação no programa Encontro, da Rede Globo, Joaquim Corsino falou um pouco sobre sua história:

“Eu sou um camarada que gosta das coisas honestas. Sempre quis fazer um curso de Direito para ajudar outras pessoas”


Ele começou o curso em 2008 e chegou a fazer 4 semestres, mas não pôde concluí-lo na época por um problema de dinheiro:

“Um amigo pediu R$ 4.500 emprestados e não pagou. Aí eu tive que parar a faculdade para juntar mais dinheiro para pagar o curso todo”.

Em 2012, Joaquim finalmente conseguiu retomar os estudos, e todos os dias pedalava 42 km para estudar. Foi um período longo, mas ele não desistiu, e conseguiu ir até o final!

Bacharel em Direito, o próximo objetivo dele é passar na prova da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). Depois disso, dará o próximo passo para realizar o sonho de ser delegado.

“Quando eu leio a Constituição no artigo quinto, que fala que todos têm direitos iguais, vejo que tem muita coisa boa nela e eu gostaria de contribuir para isso”.

Um grande exemplo, que mostra o quanto a educação é importante para transformar vidas e o quanto deve ser valorizada.

Abaixo está uma reportagem com o pedreiro Joaquim Corsino. Assista!

Pedreiro de 63 anos se forma em Direito após pedalar 42 km por dia para estudar.

Pedreiro de 63 anos se forma em Direito após pedalar 42 km por dia para estudar.

Posted by Menina on Wednesday, June 26, 2019

COMPARTILHE AGORA!!