Diarista de BH demitida por ser espírita recebe mais de 30 propostas de emprego: ‘Minha semana está cheia!’

0
141
COMPARTILHE AGORA!!

Lembra da mulher que foi demitida por ser Espirita ?? Diarista de BH é demitida após patroa descobrir que ela é espírita: ‘Não é isso que mede meu caráter’ disse a empregada…

A diarista Fernanda Matias Almeida, de 35 anos, foi demitida após sua patroa descobrir que ela é espírita. Após a demissão da mãe, seu filho Gabriel Pedrosa fez um desabafo no Facebook e pede ajuda para conseguir emprego para a mãe.

A trabalhadora fazia faxinas em uma casa no bairro Tupi, região Norte de Belo Horizonte. “Minha ex-patroa é evangélica. Eu peguei carona com um vizinho dela esses dias e contei para ele que eu frequentava o centro espírita. Ele contou para ela, que acabou me demitindo nessa terça-feira (2)”, relata.

De acordo com Fernanda, a ex-patroa disse que não queria ninguém que “mexesse com essas coisas” na casa dela. “Eu fiquei muito sentida, acho que ninguém pode te julgar pela sua religião. Não é isso que mede meu caráter, nem meu profissionalismo”, desabafa.

“Estou muito feliz! Recebi mais de 30 propostas de emprego e muitas mensagens de apoio. Minha semana está cheia!”, conta a diarista Fernanda Matias Almeida, de 35 anos, que foi demitida por uma patroa por ser espírita. O caso ganhou grande repercussão nessa quinta-feira (4) e, agora, Fernanda tem emprego para todos os dias da semana.

Antes de ser demitida, ela trabalhava em três casas por semana. Com a demissão, ficaram apenas duas. Contudo, agora a diarista pode escolher onde quer trabalhar.

“Amor e caridade, acho que se trata disso. No espiritismo temos muito esse lado, que às vezes as pessoas não entendem”, contou ao BHAZ.

De acordo com a profissional, o filho, que foi o responsável pela postagem que viralizou, recebeu centenas de mensagens. “Eu não esperava por tudo isso, foi algo muito surpreendente. Agradeço também ao Gabriel [filho] por todo o apoio, e também a todos por essa corrente do bem!”, disse.

Sobre a ex-patroa, a diarista afirma que não há ressentimentos. “Na verdade eu estou é agradecida. Graças ao preconceito dela, hoje estou bem melhor. Ela acabou me ajudando”, completa.

“Minha mãe é uma mulher guerreira, que faz unhas desde antes de eu nascer, faz de gel, fibra porcelana e etc. Também faz faxina para complementar a renda. Tudo que ela faz é com excelência”, relatou o filho Gabriel Pedrosa pelo Facebook.

Fonte – BHAZ.

COMPARTILHE AGORA!!