Vídeo mostra médico agredindo grávida durante parto

0
170
COMPARTILHE AGORA!!

O vídeo mostra várias irregularidades no momento do parto, como a paciente completamente nua e sem a bata específica para procedimento. A cena de abuso do médico com a mão em cima das partes da grávida, a família toda presente no local e o momento da agressão, quando o médico bateu com as duas mãos na virilha da mulher que estava dando a luz.

Um vídeo gravado dentro da maternidade Balbina Mestrinho, na Zona Sul de Manaus, mostra um médico xingando e agredindo fisicamente uma mulher em trabalho de parto. Segundo a Polícia Civil, o médico cometeu crime de injúria e vias de fato. O Conselho Regional de Medicina do Estado do Amazonas (CRM-AM) informou que investigará o caso.

O registro foi feito em 2018, segundo a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam). O vídeo mostra uma paciente em trabalho de parto na maternidade Balbina Mestrinho. Na ocasião, o médico trata a mulher de forma agressiva. Em certo ponto, ele chega a bater nas coxas da paciente.

Em seguida, uma familiar da vítima se pronuncia e afirma que vai denunciar o caso. Irritado, o médico grita para que a família o denuncie.

Assista o video abaixo

Médico já havia sido preso em 2015
De acordo com a denúncia, o médico que aparece nas imagens seria o obstetra Armando Andrade Araújo, 70, preso em 2015 na “Operação Jaleco” da Polícia Civil, ação que prendeu médicos suspeitos de participação em um esquema de cobrança ilegal de cirurgias em unidades de saúde da rede pública do Amazonas. A época, os médicos cobravam entre R$ 1 mil e R$ 2,8 mil para fazerem cirurgias em hospitais públicos.

Segundo a denúncia, ele pedia dos familiares quantias altas para fazer as cirurgias de cesariana, além de abusar sexualmente das pacientes, passando a mão nas suas partes íntimas e com segundas intenções ao “examinar” as pacientes na sala de repouso.

OUTRA DENUNCIA NAS REDES SOCIAIS

Minha filha foi trocada nesse hospital, a segunda filha eu fui abandonada pelas enfermeiras na época , contém seus relatos sobre as barbaridades que acontecem nessa maternidade. o fato a seguir aconteceu na maternidade Balbina Mestrinho e foi relatado por uma mãe no facebook.
Foi em 2006, na época não podia ficar acompanhante, olhei bem pra ela quando ela nasceu pois era branca e cabeluda, depois tive uma hemorragia e desmaiei , acordei depois no leito com outras mães, eu vi a enfermeira entregando a minha filha pra outra mulher que estava no quarto ,ela carregou a minha filha no colo e aceitou como dela,com certeza na hora do parto ela não viu o filho pra depois identificar .Então eu falei:- ei moça ela e minha filha , eu vi ela nascer , é ela! Ela ficou teimando comigo dizendo que era a filha dela que tinha nascido , imaginem como eu fiquei? Depois disso fomos em uma sala e foi confirmado que os dados estavam realmente trocados , eles alegaram que o meu nome e muito popular e tinha várias mães com o meu nome , meu nome e Maria do Socorro.Nao cheguei a ve o filho da outra mãe , a outra mãe (suposta), não fez escândalo …e não fizeram teste de DNA, como eu estava sozinha , nervosa e ainda fragilizada devido o parto so pensei em ficar com a minha filha e cuidar dela , fui logo deitar …fico imaginando gente , quantas mães não viram seus filhos nascerem e aceitaram as crianças que entregaram pra ela, isso realmente aconteceu comigo…

Nota de Esclarecimento

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) informa que o fato divulgado no vídeo que circula nas redes sociais e na imprensa ocorreu há nove meses na maternidade Balbina Mestrinho e que tomou conhecimento hoje por meio das redes sociais. Segundo a maternidade, a família não fez denuncia na Ouvidoria à época.

A Susam está encaminhando à Procuradoria Geral do Estado (PGE) o pedido de afastamento, por Tutela de Antecipação, do médico ginecologistra obstétra Armando Andrade Araújo, que aparece no vídeo maltratando uma mulher durante o parto. O profissional é do quadro terceirizado, contratado pelo Instituto de Ginecologia e Obstetrícia do Amazonas (Igoam).

COMPARTILHE AGORA!!