Idade de mínima de 53 e 58 anos é o certo…Deputado Federal do Paraná, critica reforma e desafia Bolsonaro a ajudar o povo.

0
150
COMPARTILHE AGORA!!

Cobrança dos grandes devedores da previdência solucionaria o problema, afirma deputado; dívidas de empresas chegam à 450 bilhões

O deputado londrinense, Emerson Petriv (PROS), mais conhecido como Boca Aberta, concedeu entrevista à TV Câmara e fez críticas ao projeto de lei da Reforma da Previdência, protocolada pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) ao lado de ministros no Congresso Nacional, nesta quarta-feira (20).

Durante a entrevista, Boca Aberta defendeu a idade mínima de 53 anos para mulheres e 58 anos para homens. “A maioria da minha cidade votou em Bolsonaro, mas nem por isso sou obrigado a concordar com tudo.”

O deputado afirmou ter um projeto de emenda que altere a idade mínima a idade mínima para a aposentadoria dos trabalhadores.

Boca Aberta ainda argumentou que antes da reforma, o governo deveria ‘cobrar’ os grandes devedores da previdência, “sou a favor que o presidente cobre dos grandes devedores. E isso inclui as maiores empresas e bancos, como Rede Globo, JBS, Banco do Brasil, Bradesco. Vamos repatriar o dinheiro do povo, o que é nosso. Depois vamos debater a Reforma que será enviada”, afirmou.

Segundo o deputado, a previdência se tornou uma “disputa entre partidos, que não visa o bem-estar da população”.

Devedores

As dívidas de empresas brasileiras com o INSS, atualmente, chegam em torno de 450 bilhões de reais segundo último cálculo do governo. Os principais devedores são os grandes bancos.

Em 2018, os principais devedores da Previdência Social foram o Banco Itaú, que teve um lucro de R$ 21,6 bilhões e deve R$ 111,8 milhões; o Bradesco com um lucro no mesmo ano de R$ 15 bilhões detém uma dívida previdenciária de R$ 575 milhões; e o Santander, que lucrou R$ 7,3 bilhões e deve R$ 218,4 milhões.

Fonte – Redação Tem Londrina

COMPARTILHE AGORA!!