Heroína que Salvou caminhoneiro no acidente de Boechat, possui doença grave e precisa de cirurgia no SUS

0
174
COMPARTILHE AGORA!!

Segundo o portal R7, a vendedora possui uma anomalia vascular cerebral e precisa urgentemente ser submetida a uma cirurgia:

Leilane Rafael da Silva tem 28 anos, é mãe de 3 filhos e seu nome é um dos mais comentados nas redes sociais, pois ela estava na rodovia onde o helicóptero com Ricardo Boechat caiu e enquanto muitos homens ficavam filmando o caminhoneiro preso no caminhão que foi atingido pela aeronave, ela resolveu agir para resgatar o motorista.

O que muita gente não sabe é que Leilane tem uma doença rara, uma anomalia vascular cerebral e que está precisando urgentemente ser submetida a uma cirurgia, mas como é pela rede pública de saúde, não sabe quando poderá ser atendida.

O vídeo com Leilane resgatando o motorista do caminhão ganhou a internet, ela não mede esforços para tirar o homem lá de dentro. Após se esforçar ao máximo para salvar a vida do motorista, ela agora luta pela própria sobrevivência. Ela tem uma doença que é chamada de MAV, ou Malformação Arteriovenosa, que afeta as conexões existentes entre veias e artérias, atingindo o sistema nervoso central.

A luta de Leilane pela vida

A valente mulher contou que os médicos acharam a princípio que o problema dela era um tumor e que não tinha como ser operado. Leilane explicou que estava em casa um certo dia e após passar mal foi ao hospital e disseram a ela que os sintomas foi por causa da amamentação, já que ela tinha um filho de quatro meses.

Como ela não melhorou depois de alguns dias, foi a outro médico e acabou sendo internada para fazer uma bateria de exames e foi quando diagnosticaram o possível tumor. O marido dela contou que os médicos disseram que a tomografia indicava um tumor inoperável.

Mas ela passou por outros exames e foi então que a MAV foi descoberta. Ela agora torce para que a liberação para fazer a cirurgia seja dada logo, pois ela sabe que luta contra o tempo.

Leilane agora espera liberação para fazer uma cirurgia no SUS (rede pública de saúde).

Será que alguém do alto escalão do SUS poderia dar uma mãozinha para essa alma bondosa?

COMPARTILHE AGORA!!