Acabou com rejeição a Bolsonaro. O povo brasileiro adora uma vítima, diz Advogado sobre Adelio.

0
117
COMPARTILHE AGORA!!



Pelo menos é isso que da a entender, segundo as palavras de seu advogado, leia logo abaixo na integra, trecho de materia da Gaucha ZH,

O processo contra Adélio não pode ser sigiloso e o povo quer saber porque ele tentou matar Bolsonaro

— Estou surfando em águas havaianas — disse ele, entre gargalhadas, sobre a possibilidade de a PF descobrir alguma irregularidade no patrocínio da defesa de Adelio Bispo de Oliveira, o homem que tentou matar o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). 

— O que eles querem saber é se foi o Lula que pagou a defesa, se foi o PSOL, o Jean Willys — completou Zanone, Advogado de Adelio, durante entrevista.

Adelio foi filiado ao PSOL, mas rompeu relações com o partido, e nenhuma relação entre o seu passado como militante político e o atentado foi comprovada.

Advogado recebeu R$ 300 mil de um patrocinador anônimo

Zanone negou com veemência a hipótese de ter assumido a causa de graça, em troca da enorme exposição que o caso pode lhe trazer, e reafirmou aquilo que já havia dito em depoimento: recebeu o pagamento de um patrocinador anônimo, que desapareceu depois de pagar o valor total. Em um primeiro momento, recebeu R$ 25 mil. O valor total ganho com o trabalho chegou a R$ 300 mil. Veículos de comunicação bancaram viagens da defesa a Campo Grande (MS), onde Adelio está preso em regime de segurança máxima. 

— Estou totalmente tranquilo. Podem procurar que não vão achar uma agulha aqui. Eu me cuido. Mas fico pesaroso porque está abrindo um precedente — disse o advogado.

Ele creditou a ação da PF e o aumento das cobranças por um esclarecimento do caso nas redes sociais à proximidade da posse de Bolsonaro. 

— Isso é por causa da posse. Inclusive se o Bolsomito quiser contratar o meu escritório é só me procurar. Não tenho absolutamente nada contra ele — afirmou.

Adelio diz que foi ele quem elegeu Bolsonaro, diz advogado

Zanone disse que não conversa com seu cliente já há algum tempo, mas que Adelio tem se mostrado tranquilo. 

— Estão alimentando e tratando bem dele — afirmou o advogado. 

Ele defende que o autor da facada sofre de problemas mentais. No meio da semana foi anexado ao processo que corre sob sigilo o laudo do exame psiquiátrico de Adelio. ele será submetido a exames psicológicos. 

— Adelio diz que só se arrepende de não ter logrado êxito (na tentativa de assassinato). É por isso que estou alegando insanidade. Adelio diz que foi ele quem elegeu Bolsonaro. Foi a primeira coisa que me perguntou quando estive lá. Ele acabou com a rejeição ao Bolsonaro. O povo brasileiro adora uma vítima — disse Zanone.

Segundo ele, a PF não vai descobrir quem pagou a primeira fase da defesa “a não ser que a pessoa queira”, e aproveitou para passar uma orientação:

LEIA MAIS

— Escreva aí que, se a pessoa quiser manter a cláusula de confidencialidade, que não me procure e nem a nenhum dos advogados do meu escritório, pois estamos todos grampeados. Essa conversa nossa, agora, está sendo espelhada”.

Zanone notificou a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)a tomar providências sobre possíveis abusos cometidos na operação da PF, mas acredita que a única forma de evitar que casos como este voltem a ocorrer é o Congresso criminalizar a quebra de prerrogativas da advocacia.

Nesta sexta-feira, o conselho federal da OAB emitiu uma nota condenando a ação da PF no escritório de Zanone. 

“Se confirmadas as informações divulgadas pela imprensa como justificativa do cumprimento da ordem judicial, estaremos diante de um atentado à lei e ao Estado Democrático de Direito. Não se pode pretender combater o crime cometendo outro crime”, diz a nota, que considera a ação da PF nula do ponto de vista jurídico. – Fonte Gaucha ZH



COMPARTILHE AGORA!!