SOCORRISTAS COMEMORAM AO ENCONTRAR CERCA DE 50 PESSOAS VIVAS ILHADAS EM BRUMADINHO

0
1615
- Foto: MÁRCIO FERNANDES DE OLIVEIRA/ESTADÃO CONTEÚDO
COMPARTILHE AGORA!!

As vítimas estavam em uma região de difícil acesso, são 15 famílias que se protegeram em uma área mais alta.

Segundo informações do G1, as equipes de resgate encontraram cerca de 50 pessoas com vida, que estava ilhadas no meio da lama, desde o rompimento da Barragem 1 Mina do Feijão, em Brumadinho (MG).

Seriam 15 famílias que moravam na região conhecida como Parque da Cachoeira.

Por enquanto 10 mortes já foram oficialmente confirmadas, mas o número de vítimas fatais será muito maior.

A estimativa é de que ainda cerca de 300 pessoas estejam desaparecidas.


© Foto: Washington Alves/Reuters

Os Bombeiros ainda disseram que ….“Temos a possibilidade de quatro pontos que estão sendo trabalhados com possíveis vítimas vivas. Existe essa esperança e o Corpo de Bombeiros vai trabalhar ininterruptamente para não só bater toda a área com possibilidade de vítimas vivas, como até o último momento (para localizar) vítimas desaparecidas”, disse o coronel Estevo.

“São quatro pontos: um ônibus que foi localizado, uma locomotiva que foi localizada, um ponto de um prédio também localizado, e a comunidade Parque das Cachoeiras”, revelou o comandante.

O chefe dos bombeiros disse ainda que a corporação deverá pedir ajuda federal e de outros estados a partir de segunda-feira. “Nosso presidente Bolsonaro colocou à disposição tropas da Força Nacional, outros bombeiros, pessoal de força militar – Exército, Marinha, Aeronáutica. Nós estamos aguardando os próximos dois dias, fazendo uma análise melhor de todo o terreno, para empregar no momento certo outras tropas especializadas”, comentou. “Muito provavelmente vamos precisar de cães farejadores a partir de segunda-feira, e aí vamos fazer contato tanto com o governo federal, quanto com cada um dos corpos de bombeiros militares do Brasil que estão disponibilizando todo esse apoio.”

COMPARTILHE AGORA!!