Morando nos EUA, Claudia Leite deve 1,2 milhões para governo devido a lei rouanet

0
639
COMPARTILHE AGORA!!

Cantora afirmou que tem uma vida mais simples com a família em Los Angeles, nos Estados Unidos

Claudia Leitte divide seu tempo entre Los Angeles, nos Estados Unidos, onde mora com a família, e o Brasil. Por causa de seu contrato com a empresa Rock Nation, a cantora decidiu levar a família para o exterior e disse que a vida fora do país está lhe agradando. “Em princípio, achei que era uma coisa que beneficiava minha carreira. Mas me fez muito bem como mulher e como mãe. Estou achando sensacional, apesar do desgaste físico. A gente tem uma vida mais simples, mais objetiva e isso me permite ser mais eu”,

Segundo matéria da Folha, a cantora Claudia Leitte está em débito com os cofres públicos.

Cláudia deve R$ 1,2 milhão ao governo federal por uso indevido da Lei Rouanet.

A lei de “incentivo à cultura” foi utilizada para financiar 12 (doze) shows musicais da cantora Cláudia Leitte durante uma turnê em 2013.

Em comunicado oficial, o MinC informou que a cantora não distribuiu o percentual de 8,75% dos ingressos gratuitamente e vendeu as entradas em valores acima do pactuado.

Também não foi encaminhada a prestação de contas de um show realizado em Cuiabá (MT).

O processo está na Tomada de Contas Especial (TCE) e deverá ser instaurado em até 6 meses.

Após este prazo, a TCE encaminhará os documentos para o Tribunal de Contas da União (TCU).

Agora a parte gritante …

A defesa da artista contesta a necessidade de devolver o dinheiro e afirma que a turnê “acarretou na democratização do acesso à cultura”.!

De acordo com a assessoria de imprensa do Ministério, a artista não realizou ações que promoviam a democratização de acesso aos shows, item necessário para que os projetos sejam apoiados, disposto nos incisos II, VI e VII do art. 80 da Instrução Normativa MinC n° 01/2013 e na Lei nº 8.313/1991 em seu inciso I do art. 1º. A ação inclui a distribuição de 8,75% dos ingressos de forma gratuita para alunos de escolas públicas e entidades de assistência social. Também, as entradas teriam sido vendidas por um valor acima do que o acordado (de R$ 35 a R$ 70) nas cidades de em Picos, no Piaui e em Ponta-Porã, Mato Grosso do Sul. A organização também não teria fornecido ao governo informações de bilheteria de um dos shows realizados na turnê.

——————————————————————————————————————-

Qual sua opinião sobre a lei ROUANET , que distribui milhões para artistas brasileiros /??

COMPARTILHE AGORA!!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here